A través de Cuyuni

Experiência de vida

O Apu Ausangate eleva-se diante de nossos olhos. Estamos a 4.200 m de altura, no meio da comunidade de Cuyuni. É o ponto mais alto desta expedição impressionante, porém não é o mais emocionante. Durante esta visita, viveremos o dia a dia, afazeres, trabalhos e crenças de uma comunidade como poucas nos Andes Peruanos. Somente caminhar pelos arredores do Ausangate será uma aventura incomparável. Entardeceres de tirar o fôlego, neves perpétuas. Unida a essa experiência, teremos a companhia dos moradores. Como se fôssemos parte da sua comunidade, participaremos da principal atividade agrícola: a colheita da batata. Isto é uma promessa: não existe sensação mais intensa do que a de enterrar a mão na terra e encontrar, como se fosse um tesouro, uma batata nativa, abraçá-la com os dedos e retirá-la do seu esconderijo, enquanto correm por perto porquinhos-da-índia e lhamas sem nenhum medo. O passar do tempo não existe em Cuyuni, o que está realmente presente é uma sensação de paz e harmonia com o entorno que seria um pecado não desfrutar, mesmo que seja uma vez na vida. 

Blogs

Chegamos à cidade de...

Após um dia intenso de atividades, chegamos à noite ao...

Karla Vasquez

Por algum motivo, só tive agora a oportunidade de ir à Hacienda Huayoccari no...